Subsídio Lição 5 CPAD – Cristo é superior a Arão e à Ordem Levítica

SUBSÍDIO DA LIÇÃO CPAD

Tema: A supremacia de Cristo – fé, esperança e ânimo na Carta de Hebreus

Lição dos Adultos – 1º trimestre de 2018

 

Lição 5 – adultos – 1trim2018 – Cristo é superior a Arão e à Ordem Levítica

Obs. Nesta lição não se deve aprofundar as discussões sobre Melquisedeque, pois a lição 7 vai aprofundar esse tema. Então, basta tirar as dúvidas do aluno de forma breve se reservando para a lição 7.

1 Um adendo breve sobre Melquisedeque e que podem te perguntar na aula:

  • Melquisedeque – surge antes do sacerdócio levítico – significa Sedeque é rei – rei de justiça e rei de paz (Hb 7.2)
  • Hb 7.2 – sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias e nem fim de dias… significa apenas que o sacerdócio de Melquisedeque não depende de genealogia como o levítico e que Melquisedeque não tinha substituto.
  • Melquisedeque tem duas citações no AT – Gn 14.18 e Sl 110.4

 

2O sacerdócio levítico

  • 2.1 – Arão, filho de Anrão e Joquebede, todos da tribo de Levi (Ex 6.20; Ex 2.1), foi o primeiro sumo sacerdote da ordem sacerdotal levítica.
  • 2.2 – Arão foi escolhido para ser sacerdote e ungido por Moisés (Ex 28.1,41), inaugurando a ordem sacerdotal levítica , que era dependente da genealogia de Arão. Sacerdócio hereditário.
  • 2.3 – Para ser sacerdote Levítico – tinha que ser da tribo de Levi e ser descendente de Arão (genealogia de Arão) (Lv 10.1,2; Nm 3.4; I Cr 24.2) . 👉Por isso, se diz, que todo sacerdote é levita, mas nem todo levita é sacerdote!

 

3 – O sacerdócio de Cristo

  • Jesus era da Tribo de Judá (Hb 7.14), logo não podia ser sacerdote da ordem Levítica.
  • Jesus não tomou essa honra para si, e, não foi feito sacerdote pela vontade da lei de um mandamento carnal. Ele foi feito sacerdote pela vontade de Deus (um poder indissolúvel – Hb 7.16)

 

4 – Comparando o sacerdócio levítico com o sacerdócio de Cristo

Sacerdócio levítico (Arão)

  1.  Instituído sem juramento – Hb 7.20
  2. Instituído transitoriamente durante a lei – Ex 28.1; Hb 7.28
  3. O sacerdote era pecador e precisava fazer sacrifício por si mesmo – Lv 9.7,8; Hb 5.3; Hb 7.27,28
  4. Oferecia muitas vezes o mesmo sacrifício – Hb 10.11
  5. O sacerdócio era transitório e cessava com a morte – Hb 7.23
  6. Oferecia sacrifício de animais – Hb 9.13

 

Sacerdócio de Cristo (Jesus)

  1.  Instituído com juramento – Hb 7.21
  2.  Instituído antes da lei – Gn 14.18; Hb 7.28b
  3.  O sacerdote era perfeito e não precisa fazer sacrifício por si – Hb  7.28; I Pe 2.22
  4.  Fez único sacrifício – Hb 7.26,27; Hb 9.25-28; Hb 10.10,12,14
  5.  É um sacerdote eterno – Hb 6.20; Hb 7.3,24
  6.  Ofereceu a si mesmo como sacrifício – Hb 9.11-14

 

5 – Curiosidade:

  • No sacerdócio levítico, o cargo de sumo sacerdote era hereditário e vitalício. Com Herodes (37 a.C) e, depois, com os governantes romanos, passaram a ter poder de nomear e depor os sumos sacerdotes.
  • No Novo Testamento é mencionado três sumos sacerdotes: Anás, seu genro Caifás e Ananias.
  •  Anás era sumo sacerdote na época de João Batista (Lc 3.2), foi deposto pelos romanos* e substituído pelo genro Caifás (Jo 18.13,19,24), que oficiou no julgamento de Cristo e deu carta para Paulo perseguir os cristãos em Damasco (Mt 26.57 e At 9.1,2).
  • Anás permaneceu como figura influente, pois o povo considerava a vitaliciedade do cargo (At 4.6).
  •  Ananias era sumo sacerdote quando Paulo foi julgado (At 23.2).

*Essas informações sobre os sumos sacerdotes estão mais claras no livro História dos Hebreus, de Flávio Josefo, livro décimo oitavo, capítulo 3 e item 766.

 

Sousa/PB, 03 de fevereiro de 2018

 

Post Author: adsousa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *